A importância do Educador Físico em tempos de pandemia


  • 9 de Setembro de 2020

Confira a entrevista com professor Me. Marcos Adelmo dos Reis - Coordenador do Curso de Educação Física – Campus Curitibanos

 

Qual a importância dos exercícios físicos e do profissional de Educação Física para a saúde, principalmente neste momento de pandemia?

Os benefícios da atividade física já não são segredo para ninguém. Quando um indivíduo abraça essa prática, é possível desfrutar de uma vantagens para qualidade de vida.

Mas, infelizmente, nem todos investem na ideia, principalmente com o avanço da tecnologia, que, de forma indireta, incentiva a população a levar uma vida mais sedentária.

Em um primeiro momento, o estilo de vida sedentário pode até parecer inofensivo, mas ele é o principal causador da obesidade — que está relacionada ao surgimento de doenças crônicas, sendo a hipertensão arterial, o colesterol alto, a osteoporose e a diabetes bons exemplos delas.

O sedentarismo não é a única causa de qualquer doença, mas um estilo de vida fisicamente ativo melhora o estado geral de saúde e retarda muitos dos distúrbios funcionais que ocorrem frequentemente com o envelhecimento. A maioria dos adultos não é ativa o suficiente para assimilar os benefícios para a sua saúde.

A prática de exercícios físicos é uma aliada importante na prevenção de doenças, principalmente com o avanço do novo coronavírus. Os exercícios físicos são responsáveis por manter o sistema imunológico fortalecido, fazendo com que sejam produzidas respostas rápidas e eficazes a organismos invasores.

O novo coronavírus traz preocupações ainda maiores por associar maior incidência e fatores de risco para quem tem doenças como obesidade, hipertensão arterial e diabetes. O exercício físico, acompanhado de uma boa alimentação, é fator fundamental para a diminuição da obesidade e outros problemas de saúde associados a ela. 

 

- Como é o curso? Quanto tempo e, basicamente, o que o aluno aprende durante este período?

O Curso de Educação Física da UnC dura 4 anos (8 semestres), tanto a Licenciatura quanto o Bacharelado. E o acadêmico, quando terminar o Curso, está habilitado a trabalhar em qualquer área prevista para os Profissionais de Educação Física. Possuímos uma excelente estrutura para nossos acadêmicos, como uma ampla e diversificada biblioteca, laboratório de anatomia amplamente equipado, laboratórios especializados com toda a estrutura necessária para a aprendizagem de nossos acadêmicos, professores altamente capacitados a atender as necessidades profissionais para inserção no mercado de trabalho, convênio com empresas públicas e privadas na região para abrir campo de estágio para nossos futuros profissionais.

Possuímos em nossa grade curricular disciplinas que atendem à toda a necessidade profissional que o mercado de trabalho exige dos profissionais. Estudamos as mais variadas áreas: Anatomia, Fisiologia do Exercício, Biologia, Cinesiologia, Biomecânica, Esportes, Metodologias de Ensino, Estatística, Empreendedorismo, Artes Marciais, Treinamento Físico, Musculação, Ginástica, Crescimento e Desenvolvimento Motor, entre outras tantas necessárias à formação de um profissional completo para um mercado de trabalho cada vez mais exigente.

O Curso de Educação Física da UnC Curitibanos tem um alcance regional, atendendo alunos do Alto Vale do Rio Itajaí, Serra Catarinense e Meio Oeste. Sendo que o grande diferencial do Curso é o seu período de aulas. Nossas aulas acontecem às sextas feiras à noite e sábados pela manhã e tarde, liberando os demais dias da semana para que possam executar suas atividades profissionais sem o desgaste de viagens e preparação paras as aulas todas as noites

 

- Onde o profissional formado poderá atuar no mercado de trabalho?

O profissional de Educação Física licenciado está habilitado a atuar em escolas públicas e privadas, em todos os níveis de ensino: Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio.

O bacharel em Educação Física organiza e supervisiona programas de exercícios físicos; auxilia no tratamento de portadores de deficiência e prepara atletas de diversas modalidades esportivas. Pode trabalhar com grupos, clubes, academias e ONGs, ou prestar atendimento individual, como personal trainer. Pode, até mesmo trabalhar em empresas, com a ginástica laboral dos colaboradores.  E, atualmente, o profissional de Educação Física pode, ainda, atuar em unidades básicas de saúde e hospitais. Os profissionais de Educação Física podem atuar em locais como hotéis e eventos realizando atividades de recreação, focando no bem-estar físico e mental dos indivíduos.

Para exercer a profissão é obrigatório o registro no Conselho Regional de Educação Física (CREF).

A cada dia que passa, mais e mais pessoas têm se preocupado com o estilo de vida extremamente estressante e prejudicial à saúde que temos vivido nos dias atuais. A prática regular de exercícios e a melhora da qualidade de vida tornaram-se objetivos buscados por milhões de pessoas. Por isso, a procura por profissionais da Educação Física que atuem como instrutores de atividades físicas, professores de ginástica e outras modalidades, bem como personal trainers e supervisores de corridas, tem crescido bastante, aumentando também as oportunidades para esses profissionais. 

A essência do trabalho de um profissional de Educação Física está no contato com outras pessoas. Para ser um bom profissional nesta área é fundamental ter paciência e inteligência emocional. Boa comunicação também é uma característica importante para que o profissional consiga explicar com clareza e objetividade as atividades.

Foto: Professor Marcos esteve no SIPEX, em 2019, realizado no Campus de Canoinhas.